12 nov 2020by admin

Dia Mundial do Hip Hop: Rappers da cena nacional para ficar de olho

Dia Mundial do Hip Hop: Rappers da cena nacional para ficar de olho

Hoje é Dia Mundial do Hip Hop e a Made resolveu celebrar o rap, uma das mais cruciais vertentes dessa cultura.
Separamos rappers nacionais para ficar de olho e curtir muito hoje e sempre. Confira abaixo!

-Bivolt.
Bivolt entrega mistura de ritmos, sensações e uma pluralidade incrível. Versátil como seu nome insinua, ela vem chamando atenção na cena.
Curta o som dela aqui:
https://youtu.be/dUdTySPSbHI

-Borges.
Borges lançou o desafio de um trabalho recheado de críticas sociais e sem palavrões, o que deixou tudo muito mais interessante. “Lei Áurea” existe para explicitar o poder social do rap de mudar absolutamente tudo.
Curta o som:
https://youtu.be/oZ5cXFJPXDA

-Djonga.
Djonga já alcançou um patamar maior de sucesso mas, ano após ano, seus trabalhos continuam surpreendendo. Ele já tem se transformado em uma lenda e um dos maiores rappers do cenário brasileiro e vale ficar de olho nos próximos capítulos.
Curta o som dele:
https://youtu.be/JaS17E2QVq0

-Don L.
Don L já figurou diversas listas de disco do ano desde 2017 e esse ano lançou “kelefeeling (verso livre)”, colocando seu som de volta nos destaques.
Curta o som:
https://youtu.be/fhfIwHw-NDE

-Drik Barbosa.
Drik mistura ritmos, canta e faz rap e traz uma salada deliciosa de gêneros diferentes. Sem medo de transitar por tudo isso, ela entra nessa lista para você ficar de olho sempre.
Ouça ela aqui:
https://youtu.be/CtguPlt4_7s

-Jup do Bairro.
Corpo Sem Juízo fez a estreia de Jup do Bairro de forma impecável.
Representatividade, qualidade musical, bom humor, coragem, ativismo e um prenúncio otimista do futuro, tudo isso em um só disco.
Ouça aqui o som:
https://youtu.be/0bwMv6KF4tM

-Rico Dalasam.
O EP Dolores Dala Guardião do Alívio é impecável e tem faixas memoráveis como a lindíssima “Braile”, que caiu nas graças da crítica e tem caído também na do público.
Ouça aqui o som dele:
https://youtu.be/Ga4LerPmyrk

-Rincon Sapiência.
Rincon também é mais antigo na cena e merece atenção em todas as suas fases. O rapper já é um dos maiores nomes do Brasil e não parou só por causa da quarentena. “Malícia” já é um indício de que ele não pára e o nível nunca desce.
Aqui o som:
https://youtu.be/UhVd5E37isc

-Tássia Reis.
Tássia já tem sucessos como “Se Avexe Não”, mas continua se renovando e melhorando seu som. Próspera, de 2019, prova isso.
Curta o som dela aqui:
https://youtu.be/exPYKAbGcS0

-Hot e Oreia.
A dupla mineira mistura a irreverência e o bom humor, críticas sociais e dramas pessoais em suas músicas e já tiveram participações de grandes nomes como Djonga e Black Alien.
Ouça o som deles aqui:
https://youtu.be/wfzxer19Qlo

Categories: Produtos

Leave a reply

%d blogueiros gostam disto: