20 jun 2020by admin

INSTRUMENTOS “DIFERENTÕES” PARA VOCÊ CONHECER

INSTRUMENTOS “DIFERENTÕES” PARA VOCÊ CONHECER

Muitos músicos apaixonados acabam aprendendo mais de um instrumento musical durante suas vidas mas, na maioria das vezes, são os mais clássicos. Guitarra, violão, bateria, baixo, teclado, piano. A variedade é grande mas, ainda assim, acaba não incluindo os mais excêntricos. Por isso fizemos essa lista: para você matar a curiosidade, se divertir e talvez se interessar por um novo instrumento.

– STYLOPHONE
Esse instrumento curioso foi inventado no final dos anos 60 e deve ser tocado com uma caneta stylus. Você pode nunca ter tocado ou visto um de perto, mas com certeza já ouviu em uma canção famosa. Isso porque ele foi usado em músicas como Space Oddity, de David Bowie, por exemplo. A fabricação foi interrompida durante mais de 30 anos e, recentemente, retomada.

– HARPA LASER
O instrumento é exatamente o que diz o nome. Inventada nos anos 80, é uma série de feixes de laser ligados a um sintetizador, sampler ou computador, que produz som quando alguém “toca” os feixes com as mãos.

– UKELIN
Mais um instrumento simples de adivinhar pelo nome: o ukelin é uma mistura entre o ukulele e o violino. A invenção dele é bem mais antiga, nos anos 20, mas foi produzido em massa até os anos 70. O instrumento tem 16 cordas arqueadas, que são tocadas com um arco parecido com o do violino.

– OMNICHORD
O instrumento ficou famoso nos anos 80, quando foi lançado para iniciantes. Tocar, a princípio, é muito simples: é só apertar os botões e movimentar o dedo por uma placa sensível ao toque para produzir os sons. Portanto o Omnichord tinha um status quase de brinquedo mas, com o tempo, acabou sendo usado por músicos profissionais renomados como David Bowie, Bjork e Foster The People.

– HARMÔNICA DE VIDRO
O instrumento foi criado por Benjamin Franklin, que ficou famoso pelos experimentos com eletricidade. O modelo foi inspirado no copofone (produzir sons com os dedos molhados nas bordas das taças) e tem o mesmo princípio: uma série de vidros afinados de acordo com o tamanho de cada taça, que podem ser tocados com os dedos molhados. O instrumento é curioso mas fez bastante sucesso, e nomes como Mozart, Beethoven, Tchaikovsky, entre outros compositores, assinaram composições para a harmônica de vidro.
A famosa “Dance of The Sugar Plum Fairy”, por exemplo, tem o som característico e doce do instrumento como estrela.

– TEREMIM
O teremim foi inventado em 1919 e foi um dos primeiros instrumentos completamente eletrônicos do mundo. São duas antenas de metal que detectam a posição da mão do instrumentista, que controla os sons e volumes sem precisar tocar em nada. Assim, os movimentos dançantes que provocam o som parecem feitos no ar.
O som fantasmagórico característico do instrumento está em músicas famosas do Led Zeppelin e do Pato Fu, conquistando diversos gêneros musicais.

Categories: Produtos

Leave a reply

%d blogueiros gostam disto: