13 Maio 2020by admin

FILMES PARA VER PELA TRILHA SONORA

FILMES PARA VER PELA TRILHA SONORA

Sabe aquele filme que vale a pena assistir só pela trilha? Fizemos uma lista para você!
Aqui você confere filmes que têm trilhas sonoras memoráveis de diferentes épocas e sabe um pouco mais sobre eles. Confira:

DONNIE DARKO (2001)
O compositor Michael Andrews conseguiu incluir no filme algumas das melhores canções que lidam com o tema principal da história: a angústia existencial.
Duran Duran, Tears for Fears, The Pet Shop Boys e muito mais fazem parte da icônica trilha.
O filme encerra com “Mad World”, uma das músicas mais melancólicas da história, que traduz perfeitamente a solidão e a angústia que os jovens da época estavam sentindo e que estava retratada no filme.

VIDA DE SOLTEIRO (1992)
O filme foi mal de bilheteria mas marcou uma geração com a sua trilha sonora.
Cameron Crowe tentou trazer uma playlist com o melhor da cena grunge de Seattle e não só conseguiu como trouxe artistas que ficaram marcados como o melhor da música de todos os tempos.
A trilha tem Pearl Jam, Alice In Chains, Smashing Pumpkins e muito mais.

SEGUNDAS INTENÇÕES (1999)
Segundas Intenções é uma adaptação do clássico literário “Ligações Perigosas” com um toque irresistível: se passava numa escola norte-americana dos anos 90, com personagens misteriosos e cheios de crueldade. A história dos jovens ricos e pervertidos que tentavam corromper a mocinha angelical ganhou o mundo e trouxe uma trilha icônica com ela: Placebo, Blur, Aimee Mann, Counting Crows e muito mais.

ROMEU + JULIETA (1996)
A mente por trás da trilha que é considerada uma das melhores de todos os tempos é de Nellee Hooper. O clássico repensado que trazia Leo DiCaprio e Claire Danes jovens, lindos e nas melhores atuações de suas carreiras teve na trilha artistas icônicos como Cardigans, Des’ree, Radiohead e Garbage, deixando tudo mais jovem, atual, mas sem perder a melancolia da tragédia de amor mais conhecida do mundo.

PANTERA NEGRA (2018)
Pantera Negra foi um marco no cinema mundial em vários quesitos e um deles é, com certeza, a trilha sonora. O cantor e compositor Kendrick Lamar foi o responsável pela trilha, que se conecta tão perfeitamente com o enredo que parece ajudar a contar a história.
As músicas vão de artistas como Earl Sweatshirt, o próprio Kendrick com canções feitas especialmente para o filme, revelações da época como SZA e nomes já amados como The Weeknd.

MARIA ANTONIETA (2006)
Maria Antonieta tratou de um dos dramas históricos mais famosos de forma divertida, leve e que marcou o cinema mundial. Assim como o figurino, que misturava roupas de época com peças ousadas e atuais, como o famoso All Star lilás que aparece no guarda-roupa de Maria Antonieta, a trilha misturou música clássica com o new wave e o pós-punk para falar sobre a rebelde figura que dá nome ao filme.
A trilha de James Gunn inclui The Strokes, New Order, Adam and the Ants e The Cure, além de artistas clássicos como Vivaldi e Couperin.

EM RITMO DE FUGA (2017)
A música é outro personagem de “Em Ritmo de Fuga”. Isso porque o protagonista Baby é um motorista de fuga talentoso que usa a música para lidar com um zumbido constante que ouve.
O filme inclui artistas como Beach Boys e Queen na trilha, que se encaixa perfeitamente nas cenas emocionantes de forma orgânica, enquanto Baby usa fones de ouvido e escolhe as músicas para cada momento com cuidado.

PULP FICTION (1994)
A obra de Tarantino não é um filme comum e, claro, a trilha sonora também não.
Com surf music e rock clássico, a música se tornou parte crucial do filme.
A cena de abertura, por exemplo, com Dick Dale tocando, é uma das mais icônicas do cinema.
O álbum com a trilha vendeu mais de dois milhões de cópias nos anos seguintes e inclui ainda nomes como Chuck Berry, que aparece na cena clássica da dança de Uma Thurman e John Travolta.

QUASE FAMOSOS (2000)
Quase Famosos é um filme sobre apaixonados por música e, assim sendo, não poderia ter uma trilha sonora menos que memorável. Cameron Crowe fez isso escolhendo músicas que não eram necessariamente as favoritas das rádios e dando aquela sensação de tesouro musical recém descoberto
em cada cena. O momento mais icônico do filme, por exemplo, a famosa cena do ônibus, é embalada pelo clássico “Tiny Dancer” de Elton John. A trilha ainda inclui The Who, David Bowie e Led Zeppelin.

Categories: Produtos

Leave a reply

%d blogueiros gostam disto: